Fecomércio-PE

Fecomércio-PE

Cenários econômicos Nacional e Internacional são temas de palestra

Rif_008-1

Fiepe realiza palestra sobre eSocial

Rif_008-1

 

 

 

Clique aqui para fazer sua inscrição 

Segs promove videoconferência sobre Planejamento de Ações

O programa de Sistema de  Excelência em Gestão Sindical (Segs), criado pelo  Sistema Confederativo da Representação Sindical do Comércio (Sicomércio) e pela  Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), promoverá amanhã (8/10), videoconferência sobre a “Importância do Planejamento de Ações de Melhoria com Base nas Principais Necessidades Identificadas nas Avaliações de Consenso.O encontro, que é voltado para os multiplicadores e avaliadores do Segs, ligados às federações e sindicatos do setor do comércio, serviços e turismo, acontecerá no Sesc Santo Amaro, das 14h30 às 17h30.  

 

A intenção da capacitação é aperfeiçoar a gestão das entidades ligadas às federações do comércio. O objetivo do Segs é permitir às entidades sindicais identificar o grau de desenvolvimento (maturidade) da sua gestão nos quesitos associativismo, representatividade, estrutura diretiva, gestão financeira e produtos e serviços oferecidos. Além disso, o programa visa capacitar seus líderes em práticas gerenciais de reconhecida excelência, que possibilitem incrementar a atuação dos sindicatos e das Federações do Comércio de Bens, Serviços e Turismo.

Alunos do Programa FORME concluem curso em Goiana

Audiência Pública: Sobre a atual situação dos transgênicos no BrasilAudiência Pública: Sobre a atual situação dos transgênicos no BrasilAudiência Pública: Sobre a atual situação dos transgênicos no Brasil

 

O Instituto Fecomércio concluiu mais uma turma do Programa FORME. Desta vez, 15 moradores da cidade de Goiana, na Mata Norte de Pernambuco, tiveram a oportunidade de desenvolver habilidades empreendedoras por meio da capacitação, que teve início no dia 19 de agosto. Durante o encerramento das atividades,  realizado ontem (02/10), os alunos apresentaram o Plano de Negócio para os seus empreendimentos, na Escola Técnica Estadual de Goiana. Com o sucesso desta capacitação já está prevista uma nova turma  com inicio no próximo dia 21  no Distrito de Tejucupapo.

Participaram da  banca de avaliação dos trabalhos dos alunos a chefe  de gabinete da Agência de Fomento de Pernambuco, Juliana Novais, a gerente de Micro e Pequenas Empresas da Secretaria do Trabalho, Qualificação e Empreendedorismo (STQE ) , a  presidente da AD Goiana, Michele Barreto, a diretora de Qualificação da AD Goiana, Suzana Melo, o representante da Secretaria de desenvolvimento econômico de Goiana, Marcos Vinicius ; a diretora. Financeira da Ad Goiana, Cleize Dornelas, ; o assessor de  Comunicação da AD Goiana, Hélder Gadelha,Joaisa Rodrigues , do Banco do Nordeste; Isis Lira , analista do SEBRAE e Brena Castelo Branco, do Instituto Fecomércio.

O programa FORME busca desenvolver competências relacionadas às atitudes e características empreendedoras com o objetivo de ampliar a visão de oportunidade de mercado e a utilização de boas práticas de gestão, contemplando a estruturação de um plano de negócio.

Devedor Contumaz

almeida

O Projeto de Lei Estadual nº. 1.512/2013, de autoria do Poder Executivo do Estado de Pernambuco, foi transformado na Lei nº. 15.602/2013, publicado no Diário Oficial do Estado em 5 de setembro de 2013. O aludido diploma dispõe sobre os procedimentos e penalidades quanto ao "devedor contumaz".

O Artigo 18-A da nova Lei Estadual estabelece que será considerado devedor contumaz o contribuinte que deixar de recolher o imposto declarado relativo às suas operações ou prestações pelos períodos respectivamente indicados, consecutivos ou alternados, conforme dispostos nos incisos de I a III do citado artigo.

O devedor contumaz pode ser submetido ao sistema especial de controle, fiscalização e pagamento, que consiste na aplicação, isolada ou cumulativamente de medidas, tais como: impedimento à utilização de benefícios ou incentivos fiscais previstos em regimes ou sistemáticas de tributação e recolhimento do ICMS; suspensão do diferimento do pagamento de impostos; exigência de apresentação periódica de informações econômicas, patrimoniais e financeiras; retenção, para averiguação, de todas as mercadorias em trânsito remetidas pelo devedor contumaz ou a ele destinadas e exigência de apresentação das 5 últimas declarações de imposto de renda, bem como dos seus sócios.

O articulista em gestão tributária Carlos Schneider, comentando sobre a legalidade da adoção de lei, proposta pelo Poder Executivo, inclusive sobre o devedor contumaz, assim se posicionou: "Não há como negar a preocupação crescente com a prática política imposta aos parlamentares nas três esferas de governo quando instados a votarem propostas do Executivo relacionadas à matéria de natureza tributária. Aliás, deveria ser terminantemente proibido o Executivo se meter nas lides do Legislativo sob pressão, a fim de que este atenda aos caprichos daquele. Estamos diante de uma interferência ao princípio da independência dos Poderes, vedado pelo artigo 2º da Constituição Federal”.

Inscrições abertas para palestra de Mario Sergio Cortella, no dia 30/10

Rif_008-1

Comissão de Direitos Humanos recebe Abrasel e Fecomércio-PE

Rif_008-1

 

Representantes dos setores de bares, restaurantes e comércio compareceram à reunião da Comissão de Direitos Humanos, na tarde desta segunda-feira, 30. O objetivo foi discutir dois projetos de Lei que estão em tramitação: o que determina a concessão de desconto em restaurantes para pessoas que realizaram cirurgia bariátrica e o que trata da proibição de cobrança em consequência da perda de comandas de consumo. Para a presidente da Comissão, Michele Collins (PP) o encontro foi muito importante para Casa. “O nosso papel é fazermos leis justas e ouvirmos o posicionamento da sociedade em relação às iniciativas”, afirmou .

Sobre os projetos de Lei, o  diretor Executivo da  Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), Valter Jarocki Jr.,  afirmou que é contra a cobrança diferenciada. "As pessoas que se submetem a este tipo de cirurgia, são capazes de consumir  o necessário para a sua condição, sem que isto tenha o preço diferente do que eu consumo, por exemplo". Opinião compartilhada pelo presidente da Abrasel,  Nuncio Natrielli, e pela assessora  Legislativa da Fecomércio, Manoela  de Souza Pereira. 

Já no caso do projeto de Lei que trata da  perda da comanda de consumo os representantes chamaram a atenção para  a  possibilidade de alguns ajustes.  "O valor é subjetivo, baseado no entendimento do dono do estabelecimento, mas os consumidores conhecem as regras e a perda ocorre de forma rara", afirmou  Jarocki.

Atualmente, o estado conta com  6.200  estabelecimentos de bares ou restaurantes com o  CNPJ  ativo.  Na Região Metropólitana do Recife, são 2.700 locais. No encontro da Comissão de Direitos Humanos foram discutidos  também  33 projetos de Lei   e distribuídos outros   oito. Participaram da reunião os vereadores Jayme Asfora (PMDB), Romerinho Jatobá ( PR  ) e, Wanderson Florêncio  (PSDB).
Fonte: Câmara dos Vereadores do Recife


http://www.recife.pe.leg.br/noticias/comissao-de-direitos-humanos-recebe-abrasel-e-fecomercio/

CNC divulga amanhã resultados de setembro do Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec)

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulgará amanhã, terça-feira, dia 1º de outubro, os resultados de setembro do Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec). Não haverá coletiva de imprensa – a partir das 10 horas de terça-feira, o economista Fabio Bentes atenderá os jornalistas pelo telefone (21) 3804-9264. Análises e gráficos serão enviados por e-mail aos jornalistas, e a pesquisa também estará disponível emwww.cnc.org.br.

 

   

 

Sobre o Icec  

O Índice de Confiança do Empresário do Comércio (Icec) é indicador antecedente apurado exclusivamente entre os tomadores de decisão das empresas do varejo, cujo objetivo é detectar as tendências das ações do setor do ponto de vista do empresário. A amostra é composta por aproximadamente 6.000 empresas situadas em todas as capitais do País, e os subíndices, apurados mensalmente, apresentam dispersões que variam de zero a duzentos pontos. O Icec avalia as condições atuais, as expectativas e as intenções de investimento dos empresários do comércio. 

 

Sobre a CNC

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) é a entidade sindical que representa aproximadamente 4,5 milhões de empreendedores do comércio de bens, serviços e turismo, categorias que, juntas, respondem por cerca de 1/4 do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro e geram aproximadamente 25 milhões de empregos diretos e formais. A CNC trabalha de forma integrada com 34 federações patronais (27 estaduais e sete nacionais), que agrupam mais de 950 sindicatos. A Confederação administra também um dos maiores sistemas de desenvolvimento social do mundo, o Serviço Social do Comércio (Sesc), com atuação nas áreas de educação, saúde, cultura e lazer, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac), principal agente da educação profissional voltada para o setor do comércio de bens, serviços e turismo.

Feira de Noivas e Decorações do Vale do São Francisco movimenta Petrolina

Rif_008-1Rif_008-1

 

Petrolina recebeu, entre os dias 25 e 28 de setembro, a Feira de Noivas e Decorações do Vale do São Francisco. O evento, que movimentou o Centro de Convenções Senador Nilo Coelho, trouxe as últimas novidades em produtos e serviços nas áreas de cerimoniais, casamentos, batizados, formaturas e aniversários de 15 anos.

 

Com acesso gratuito e contando com a participação de empresas e profissionais especializados nos segmentos de buffet’s, fotógrafos, cerimonialistas, lojas de decoração e roupas para noivos, a Feira apresentou uma programação diversificada. O evento contou com shows musicais, palestras, desfiles entre outras atrações para o público.

 

Segundo o presidente do Sindilojas, Joaquim de Castro, o evento tem potencial para crescer e acontecer anualmente. “A Feira de Noivas e Decorações do Vale do São Francisco começou bem, com uma repercussão extremamente positiva, tanto sob o ponto de vista dos expositores quanto do público, que vem tecendo muitos elogios à iniciativa”, disse.

 

Joaquim de Castro acrescentou ainda que o evento também poderá crescer em outras direções, ampliando o leque de participantes para segmentos, a exemplo da construção civil e eletrodomésticos. “Quem casa quer casa, móveis e eletrodomésticos para o lar”, justificou.

Boletim de notícias 2 - Congresso Internacional de Tecnologia na Educação

Clique aqui e confira a segunda edição do Boletim de notícias do segundo dia do Congresso Internacional de Tecnologia na Educação.