Comunicação Clipping Clipping Fecomércio-PE Moda Center Santa Cruz aposta no fim de ano

Moda Center Santa Cruz aposta no fim de ano

O comércio tradicional do município de Santa Cruz do Capibaribe deve sofrer queda de 10% nas vendas do fim de ano, quando comparado ao ano passado. É o que esperam os comerciantes do município, seguindo a expectativa de baixas de outras cidades do Estado. Apesar disso, o Moda Center, polo comercial com alta concentração de lojas do varejo, espera crescimento nas comercializações, mesmo após o período de abalos pelo qual o segmento chama de “arranhão” na imagem. Trata-se do envolvimento de empresários da cidade no recebimento de tecidos advindos de lixo hospitalar em contêineres do exterior.

A desaceleração do segmento tradicional é um desempenho esperado, já que, no fim de 2010, a economia apresentava forte crescimento, enquanto que no fim deste ano há uma queda da atividade econômica. “Já o Moda Center tem uma visão muito otimista das vendas de fim de ano, com mais de 55% dos empresários acreditando em um faturamento maior, contra 35,5% que admitem queda”, compara o presidente do Sistema Fecomércio, Josias Albuquerque. Segundo a metodologia da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo de Pernambuco (Fecomércio-PE), estima-se um aumento de 8,5% nas vendas do Moda Center este ano, um número que supera a inflação de cerca de 6,5% esperada para o fim deste ano. 

“Este enorme esforço de pesquisa faz parte do acompanhamento sistemático da área, mas também foi motivado pelas dificuldades enfrentadas pelo varejo de Santa Cruz do Capibaribe”, explica Albuquerque.  Os dados são de pesquisa realizada pelo Centro de Pesquisa (Cepesq) da Fecomércio-PE, em convênio com o Sebrae e apoio da Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL) de Santa Cruz do Capibaribe e do Senai.

 

Fonte: Folha de Pernambuco - Economia